+ Polícia

Por Radio/Hojemais em 12/01/2018

A autoridade policial explicou que o grupo antes de agir fazia um levantamento detalhado da rotina

Não vamos dar trégua a criminalidade,diz delegado sobre a prisão de assaltantes

Radio/Hojemais - A autoridade policial explicou que o grupo antes de agir fazia um levantamento detalhado da rotina das vitimas

 O sucesso da operação realizada na manhã desta quarta-feira, 10, que prendeu um grupo de assaltantes que agia em Três Lagoas é o resultado da somatória do trabalho de policiais civis da SIG (Setor de Investigações Gerais) e da 1ª DP (Delegacia de Polícia Civil) do município. 


Segundo o delegado do SIG, Ailton Pereira de Freitas, no final do mês de dezembro do ano passado, começaram a ocorrer alguns roubos com cárcere privado tendo em sua maioria como vítimas pessoas idosa e com ‘modus operandi’ idênticos nos crimes. 

 

“Em um trabalho conjunto com a 1ª DP, foi possível levantar informações a respeito de alguns suspeitos e na manhã de ontem após mais um roubo no Distrito Industrial desencadeamos uma operação e conseguimos dar uma resposta rápida a sociedade prendendo os assaltantes e recuperando os objetos subtraídos”, disse

 

O delegado ressaltou que os presos durante a operação estavam envolvidos em outros roubos ocorridos em Três Lagoas. “Todos os suspeitos são moradores da cidade, eles se organizaram no final do ano para fazer um assalto e como conseguiram levar objetos das vitimas, ele planejaram outros roubos. O que eles não esperavam era que a polícia já estava investigando e  pronta para agir. Os  quatro suspeitos possuem antecedentes criminais, entre eles, está um adolescente de 17 anos. Os criminosos foram ouvidos e confirmaram a participaram nos crimes”, falou Freitas. 

 

A autoridade policial explicou que o grupo antes de agir fazia um levantamento detalhado da rotina das vitimas, isso poderia demorar até certo tempo, e os obstáculos que enfrentariam durante a execução do crime. 

 

“No caso do roubo no imóvel do casal no Distrito Industrial, um dos assaltantes ficou responsável por preparar o alimento dos cães com veneno para que os mesmo não latissem e atacassem durante a incursão na residência. Eles agiram friamente, esperaram os animais agonizarem e morrerem para invadir e render a família que estava com visitas”, revelou

 

Freitas reforçou que a intenção é combater diuturnamente a criminalidade em Três Lagoas, e que as delegacias estão todas empenhadas para isso. 

 

“Nós vamos combater todos os tipos de crime, lugar de criminoso é na cadeia”, completou

CANAIS





Artigos
Câmara Municipal
Cidades
De Olho no Emprego
Economia
Entretenimento
Esporte
Internacional
Moda
Mundo Pop
Notícias
Novelas
O que determina que primeiro de maio seja o dia do Trabalho em sua opinião?
Polícia
Política
Prefeitura Banner
Região
Saúde
Tecnologia
Três Lagoas
COLUNAS
Culinária
Mundo Pop
Esportes
Moda
CONTATO
(67) 3524 2129 / 3524 2868
contato@radiodifusora1250.com.br
LOCALIZAÇÃO
Rua Tiburcia Queiroz Monteiro, 850 - Santos Dumont
Três Lagoas / MS